Ares novos para a sala, dicas quentes

No nosso último post falamos sobre reforma da cozinha, lembra?

E combinamos de falar sobre a sala de estar.  Bem, hoje é hora de cumprir o prometido.

É necessário fazer aquela quebradeira para ter uma sala nova e interessante?

Não. Nem sempre. Tudo depende dos objetivos, dos móveis que ficarão, daquilo que vai embora, dos sonhos. Para adequar e harmonizar necessidades e desejos, como já foi dito aqui e aqui, é necessário fazer um estudo detalhado.  Antes de sair correndo e copiando tudo o que vê de referência por aí, pergunte-se: “O que realmente tem a ver comigo?” “O que é ‘a minha cara’?

Quase todos as pessoas que querem fazer uma reforma perguntam primeiro: “que cor devo usar” aqui ou ali? E, definitivamente, salvo raras exceções, essa é a última coisa com a qual devemos nos preocupar.

Por isso, algumas dicas para você:

  1. Analise com objetividade o que realmente quer que permaneça na sala. Aqueles itens que por questões afetivas ou por serem funcionais, precisam permanecer. Verifique o que está quebrado, rasgado, velho e que ainda aceita conserto. Encaminhe.
  2. Elimine coisas inúteis que você não se identifica, que tomam muito espaço, não combinam com você. Doe para amigos ou instituições. Além de abrir as portas para o novo, você pode ajudar a outros.
  3. Organize tudo o que for necessário porém vive espalhado pelo ambiente. Controles em geral (TV, ar condicionado, som), chaves, celulares, etc).
  4. Sala de estar e home theather são integrados? Livre-se da profusão de fios para todos os lados. Faça um painel, deixe os fios embutidos ou use canos aparentes se a seu estilo for mais moderno.
  5. Dê novos usos para objetos antigos. Como, por exemplo, aquela mala “velha” que você herdou da sua vó e que definitivamente não dá pra levar na viagem pra Indonésia que você programou para daqui um tempo. Vi essa solução na casa de uma amiga querida. A mala antiga virou mesa de centro com muito charme e glamour.
  6. A parede é sem graça? Você não sabe as maravilhas que um papel de parede bem aplicado pode fazer.
    Projeto de Interiores: Fabi Congio

     

     

    Antes – Projeto: Fabi Congio – em andamento
  7. Lance mão de truques visuais para ampliar o espaço como espelhos e tapetes ou cortinas com linhas verticais/horizontais. Tudo depende do efeito que se quer criar. 
  8. Vasos de flores e velas em bonitos castiçais (ou copinhos de vidro) costumam se dar bem nas salas. Que tal adotar a idéia? Mas não é obrigatório, viu? Duvide de tudo o que for apresentado como “obrigatório”. Inove. Um quadro DIY, um bastidor bordado, objetos pessoais com novos usos (lembre da história da mala) podem compor seu ambiente com delicadeza.

    tecnica invertida – palavra
  9. O espaço tá muito disputado? Quebre as paredes, mas para isso consulte antes um engenheiro e verifique se isso é possível. Quebrar uma parede estrutural ou  na qual passem conduítes e canos vai te custar caro e dar dor de cabeça. Não adianta confiar só no pedreiro. Nem sempre eles tem a formação necessária para garantir isso. 
  10. Contrate um profissional adequado e realize todas as alternativas anteriores com mais segurança. Se for quebrar consulte o engenheiro. Um designer de interiores fará maravilhas pela sua decoração, além de te ajudar a escolher revestimentos, elaborar a paginação de pisos e paredes, desenvolver o projeto luminotécnicas (nem falamos nisso, mas trata-se de indicar onde e como devem ser os pontos de luz) organizar, harmonizar os itens decorativos, validar suas idéias, te salvar de furadas. Quer construir? Contrate um arquiteto.

Tudo fica mais fácil quando estamos bem amparados, mas independente disso, confie sempre no seu feeling! Afinal, a casa é sua!!

 

 

 

Reforma, sim senhor!

Olá!! Você vê cada projeto incrível de arquitetura, mas essa não é sua prioridade no momento? Seu desejo atual é reformar a casa, trazer o novo, reciclar as idéias? Senta que esse post é seu.

Em geral o que mais incomoda são os ambientes de convívio. Tanto faz se é uma família, um casal ou mesmo quem mora sozinho e costuma receber os amigos. Então, sala de estar e cozinha serão nossos focos. Sobre lavabo temos um post quentinho aqui. Mas, as dicas que daremos também servem para ele.

Começaremos pela cozinha! Lugar por excelência em que os bons gourmets vão querer se reunir. Pode apostar, se você marcar um jantar com os amigos em casa, eles fatalmente irão entrar nesse espaço. Mesmo que uma porta o separe do restante do ambiente.

E como renovar azulejos antigos, revestimentos que não combinam mais com seu estilo de forma prática e menos indolor? Bem existem algumas possibilidades.

  1. Quebrar tudo e começar do zero. Vantagens: vai ficar do seu jeitinho, tudo novo e lindo como sonhou. Desvantagens: Gera um monte de entulho, não é muito amigável com o meio ambiente. Você provavelmente ficará alguns dias sem acesso a cozinha. Leve em conta o custo de demolir, preparar a parede para receber o novo revestimento, fazer a aplicação, finalizar com a limpeza. Além do revestimento em si, da argamassa e do rejunte.Screen Shot 2018-02-20 at 21.40.58.png
  2. Aplicar um porcelanato extra fino sobre o existente ou azulejo sobre azulejo. Vantagens: evita a quebradeira e é relativamente rápido. Desvantagens: no caso das paredes o que fazer com as caixas de luz, tomadas e interruptores? Eles vão ficar “afundados” no novo revestimento? Outro detalhe, porcelanato sobre porcelanato ou azulejo sobre azulejo precisam ser muito bem aplicados ou podem se soltar com facilidade. Mesmo tomando esse cuidado, a possibilidade de descolarem é maior do que a peça aplicada da forma tradicional (diretamente na parede ou piso preparado para tal).Screen Shot 2018-02-20 at 21.38.38
  3. Colar azulejos plásticos ou adesivos. Vantagens: no caso dos azulejos plásticos custo similar ao de um papel de parede. Ambos garantem rapidez na aplicação. Desvantagem: não tolera calor (fogão, forno) e a incidência de sol constante pode desbotar o produto.Screen Shot 2018-02-20 at 21.55.49.png
  4. Pintar. Vantagens: você evita a quebradeira e o resultado é relativamente rápido. Gasto menor que as demais opções. Desvantagens: a tinta pode amarelar, descascar, ficar com manchas. O resultado estético final pode não trazer a mudança que você imaginou. Recomendo testar numa área (de 1 x 1 m se possível) antes de pintar a parede toda. E, se optar por essa solução, ficar atento aos rejuntes. É necessário pintá-los também. A tinta mais indicada é a epóxi ou PU (pelo menos na base, consulte seu pintor).
  5. Revestir com cimento. Vantagem: os cimentos atuais tem um acabamento liso e homogêneo; a camada de produto é fina não alterando em nada a disposição de interruptores e caixas de luz; sua aplicação evita a quebradeira, entulhos e é rápida. Desvantagens: Se houver trinca estrutural na parede é necessário tratar antes de usar essa ou qualquer outra solução das citadas acima.  Dica: deve ser aplicada uma base especial para cerâmica antes de revestir com cimento. Por isso procure profissionais especializados.

Screen Shot 2018-02-20 at 15.55.37.png

 

img-20180125-wa00302085999176.jpg

Outras soluções passam por painéis de mdf laminados (só aplicáveis em áreas secas e longe do calor) e painéis metálicos (inox é uma boa saída). Essas soluções também podem ser mistas, combinando uma das alternativas (1 a 5) a um dos painéis.

O importante é que, quando tudo estiver pronto, você possa encher o peito de alegria e que esse sentimento seja duradouro. Afinal de contas na grande maioria dos casos você vai olhar para aquele cantinho TODOS os dias. Vale a pena investir!!

Linda semana para você!!

Reforma, respira fundo e acalma

Olá!!!

Hoje vamos falar de um assunto assim, digamos, delicado. Muita mas muita gente mesmo tem experiências incríveis com o reformar e o construir. Mas, em muitos casos também as coisas não saem exatamente como o planejado. Então se você está passando agora, agorinha mesmo por uma situação como essa… senta, respira fundo e leia o texto. Pode te ajudar!

Final de ano todo mundo naquela correria louca querendo terminar todas as coisas, resolver todas as pendências, os chefes parece que pensam que o mundo vai acabar no último dia de dezembro, a gente pensa tal e qual sobre o nosso negócio, o nosso trabalho, a nossa reforma. Socorro!!! Quem foi que nos fez acreditar que os planos vão pelo ralo junto com a decoração de Natal dos Shoppings?

Lembra de um tempo em que o Natal só começava mesmo em dezembro e aquele clima gostoso de festa se estendia até janeiro? Pois é, com a pressão pelas vendas, pelo lucro, pelos resultados, nosso final de ano começa em outubro e tudo o que ele simboliza vaza pelos dedos no último dia de dezembro. Calma pessoal! Muita calma nessa hora!!

Sim eu sei, você tem planos. Eu tenho planos, todos temos. E a expectativa mata a gente!! Sério!! Os níveis de cortisol, hormónio do stress, vão as alturas quando perdemos a cabeça. Sim, dá pra entender! Você sonhou que iria passar as festas na casa nova. Ou que iria inaugurar a piscina, a churrasqueira, a sauna ou qualquer outra coisa que estava inclusa na reforma. E é altamente frustrante perceber que o tempo está passando “rápido demais” e talvez não dê para realizar o seu sonho.

Vamos pensar um pouquinho a respeito?

Será mesmo que o tempo está passando tão rápido ou você está acumulando milhares de coisas pra fazer ao mesmo tempo? A obra está sob a responsabilidade de alguém? Ou você está fazendo todas as compras de material sozinho (a)? Sabe, os prestadores de serviço as vezes  precisam de uma ajudinha para lembrar de todos os itens necessários para realizar aquele trabalho em especial. Ajude-os a lembrar! Faça uma lista, peça pra avisarem com determinado tempo de antecedência para que você possa se organizar. Tem coisas que acabam em cima da hora ou foram mal calculadas, mas a maioria dos elementos de uma obra podem ser mensurados e previstos bem antes.

Acabou o produto, não te avisaram e ainda por cima disseram que vai atrasar se não chegar logo? Então, antes de sair dirigindo perigosamente e praguejando contra tudo e contra todos, o que definitivamente não irá deixar seu dia e sua obra melhores, respire! Tão simples que a gente nem lembra. Converse, com calma. É possível que o prestador compre o material e te traga a nota?  Há alguma coisa que ele possa fazer – veja bem não é castigo – para facilitar levando em conta que foi falha na comunicação? Relembre o combinado. Peça colaboração. Respire.

Sabe aqueles momentos em que você está feliz, radiante, grato e que tudo acontece perfeitamente bem? A vaga certa aparece no estacionamento lotado bem na hora em que você chega! Você nem acredita!!! Parece até que o universo conspira a seu favor?  Pois é, o inverso também é verdadeiro. Por isso por mais correria e loucura que possam estar a sua frente durante uma obra, procure ser racional. Eu sei que é difícil, já fui irracional umas tantas vezes e posso te garantir que não funciona!! Questione-se! A expectativa corresponde ao real? O prazo tá curto? Lembre-se o mundo não vai acabar em dezembro! Porquê todos os seus planos precisam ser executados a risca até lá? Será que um pouco de flexibilidade não te deixaria mais leve, menos estressado (a) e de quebra facilitaria o fluxo do trabalho? Quando a gente estabelece uma meta irreal, num prazo apertado e ainda põe a maior pressão em cima dos prestadores… veja a receita para uma bomba está pronta! Ao invés disso, converse, marque uma reunião com todo mundo. Seja firme, mas seja racional. Ouça as pessoas. Indague as razões do que não saiu como deveria. Somos todos humanos, lembra? E todos cometemos erros.

Programe-se! Muitas fábricas fecham no final do ano, entram em férias coletivas. Se você acredita que irá precisar daquele piso maravilhoso que viu na loja, liga agora mesmo pra lá e reserva. Compra o quanto antes. Há alguns anos atrás as lojas avisavam quando as indústrias iriam parar de receber pedidos. Em geral era em dezembro. Depois conforme o consumo aumentou, os pedidos deveriam ser encaminhados em novembro. E hoje em dia, existem fábricas que fecham suas agendas em outubro. Percebe? Sem planejamento é muito fácil perder o prazo, a cabeça, a tranquilidade…

Acalmar, respirar, racionalizar, planejar!! E lembrar que o mundo segue… em breve teremos mais 365 dias para realizar aquilo que nos move.

E vai ficar lindo!!! Tenha certeza!!

Boa semana para você!!